trevo

segunda-feira, 19 de junho de 2017

A encantada cigana











Sob a lua cheia,
ao redor da fogueira,
gira tão bela,
em graciosos movimentos,
a encantada cigana.

Mostrando aos sensíveis,
a magia desse povo,
tão incompreendido,
místico,
sábio,
conectado ao universo,
e aos reais valores,
que devem ser aprendidos,
e belamente vividos.


Elza Ghetti Zerbatto


imagem:  http://ciadosgifs.blogspot.com.br

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Entrevista com Viviane Lima




















Bom dia amigas!

Como sabem este blog foi criado para homenagear uma amiga muito querida e também ao povo cigano.
É com a maior alegria que apresento para vocês, a musa inspiradora deste blog Viviane Lima.



1) Fale para nós um pouco sobre sua experiência com o povo cigano.

 A maior parte da minha vivência com esse povo lindo veio através da dança, do circo e família do lado paterno, mas a dança sempre foi o laço mais forte que me induziu aos costumes ciganos refletidos hoje na minha vida cotidiana.


2) Em sua opinião qual a importância de se conhecer a cultura cigana?

Primeiramente o que se aprende na cultura cigana é o quanto a liberdade é um direito sagrado. 
Esse povo traduz a força do amor em suas baladas ciganas e trajes, dança, tudo é muito maior e mais poderoso, está no olhar, no sentir.


3) Por que a dança é tão relevante para esta cultura?

Tanto para os homens quanto para as mulheres ciganas a dança é um código da alma com a natureza, qualquer um que pratica a dança cigana sente isso instantaneamente, quando dançamos tocamos Deus.


4) Como você sente e percebe a situação dos ciganos no Brasil e no mundo atual?

No Brasil ainda se marginaliza os ciganos, mas graças a luta de muitos que amam essa cultura e a respeitam, mesmo não sendo ciganos contribuíram para uma melhor aceitação na sociedade, mas tem muito a ser feito.

Minha visão dos ciganos no mundo e de que estão aqui para mostrar que a única pátria é nossa família, não só a de sangue mas a de espírito, entre as várias nações ciganas do mundo uma coisa é única....liberdade!



5) Fale-nos um pouco sobre a moda cigana e sua influência na moda contemporânea.

Moda cigana ou Gypsy, aquele  jeito de se vestir colorido, chamativo com seus colares, e brincos, hoje conhecidos como estilo Boho ou Folk que foram inspirados no Gypsy.
Mesmo que tenham características da indumentária cigana, eles NÃO são iguais, são estilos distintos com características semelhantes que influenciam muito na moda contemporânea.



6) O blog Estação Cigana agradece sua honrosa presença e participação. Deixe-nos uma mensagem e seus contatos.

Sou grata pela oportunidade de fazer parte dessa historia chamada AMIZADE.
Um beijo carinhos a todos.


Contatos:
Whats app: (11) 9 4921-6506 ou 2553-2099 das 16 horas ás 20 horas
www.facebook.com/Astarty


Foto de autoria de Viviane Lima









terça-feira, 6 de junho de 2017

Ciganos famosos que você conhece




Boa noite amigos!
Existem muitas curiosidades a respeito do povo cigano e uma delas que é bastante interessante, é a quantidade de pessoas famosas da midia e de diversos meios que provem dessa etnia.
Certamente você conhece todos porém, nem imaginava que eles fossem ciganos.
Resumi uma pequena lista mas, para não ficar muito longo adicionei somente alguns nomes.
Vamos lá:


Cantores:
Benito de Paula



 foto: https://br.pinterest.com


  Rosana                                           




 foto: https://pinterest.com




Sidney Magal




 foto: https://www.vagalume.com.br




Elvis Presley





foto: https://www.wikipedia.org



Grupo musical

Gypsy Kings





https://wallpaperscraft.com



Atores


Yul Bruner




foto: https://www.wikipedia.org


Dedé Santana




foto: https://br.pinterest.com



Charles Chaplin



foto: https://br.pinterest.com



Presidentes do Brasil





foto: https://www.wikipedia.org



Juscelino Kubitschek







foto: https://www.wikipedia.org




terça-feira, 30 de maio de 2017

Festa Cigana/Árabe/Indiana no estúdio de Dança Flávia Rodrigues

Boa noite amigos!
No dia 27 de maio de 2017 participei de uma festa Cigana/Árabe/Indiana, no estúdio de Dança Flávia Rodrigues.
Quem me acompanha e conhece pelos blogs, sabe o quanto admiro a cultura oriental em geral. 
Quando falamos da cultura cigana em específico, está intrínseco nisto a influência de várias etnias em sua formação.
Conhecer, aprender, e experimentar diferentes formas de manifestações dos diversos povos, abre um leque de conhecimento e com ele vem o respeito as suas tradições e crenças. 
Deixar de lado o preconceito, o excesso de crítica, e simplesmente respeitar, e ter a humildade e consciência de que estamos sempre aprendendo e de que nada sabemos.
Cada aluno se comprometeu a trazer um item decorativo, compartilhamos a comida e bebida e passamos momentos de muita descontração e harmonia, com o que se há de melhor no mundo: amizade, carinho, respeito e é claro, muita alegria! 
Sejam bem-vindos à nossa festa! 

                              Foto de autoria de Lilian


  • A sequência de fotos abaixo é de minha autoria                             



 Apresentação de Lilian, aluna de Dança do Ventre, que fez uma linda coreografia com o Fan Veil ou Véu leque duplo.











 A querida professora Sandra Morales, deu um show mostrando movimentos de Dança do Ventre tradicional e também com a espada.




















 E como em toda boa festa em estilo cigano bailamos muito!!!
A sequência de fotos seguinte é de autoria de Flávia Rodrigues, proprietária do estúdio.
 Corres diversas, energia alto astral e boas vibrações é isto que queremos para nós e todos.
Lili, ai lili, ai lili...
Optchá!




















quinta-feira, 25 de maio de 2017

Festa de Santa Sara Kali
















                                                    

Nos dias 24 e 25 de maio comemora-se ao redor do mundo, a festa de Santa Sara Kali, a padroeira dos ciganos.
Esta santa é também conhecida por ser a protetora dos desamparados, ofendidos, e da maternidade.
Sua imagem encontra-se na cripta de Saint Michel onde estariam guardados seu ossos.
As mulheres- romi - que querem engravidar colocam lenços - diklô - aos pés de sua imagem.
Atualmente as pessoas fazem vários tipos de pedidos á ela.
Existem várias lendas sobre ela entre as quais que seria:
- serva e parteira auxiliar de Maria e ajudou Jesus em seu nascimento, e ele teria muito apreço por ela.
- filha de Jesus e Maria Madalena.
- a serva de uma das três mulheres, com o nome de Maria que estiveram presentes á crucificação de Jesus.
- a serva de Maria Madalena.
O local central de culto á ela localiza-se na cidade de  Saintes Maries De La Mer na França, onde junto à Maria Jacobina, irmã de Maria, mãe de Jesus, Maria Salomé, mãe dos apóstolos Tiago e João, Maria Madalena, Marta, Lázaro e Maxímio.




                                 Saintes Maries De La Mer

  
Conta-se que foram atirados ao mar em um barco sem remos e provisões, e Sara teria rezado e prometido que se fossem salvos, cobriria sua cabeça com um lenço pelo resto de seus dias.
Todos salvaram-se e chegaram a Saintes Maries De La Mer, sendo então amparados por um grupo de ciganos.
Segundo constam em alguns sites, Sara permanecera com os ciganos, os quais muito aprenderam e a respeitaram, devido a sua forte devoção e dedicação de vida aos ensinamentos de Jesus.
É considerada a única santa cigana no mundo.
Oferendas com muitas flores, comidas, frutas e regadas a muita alegria, e sentido devocional são características de sua homenagem.
E viva Santa Sara Kali!
Optchá!











Fontes de pesquisas: Wikipedia e Google
imagem Santa Sara Kali: https:br.pinterest.com
imagem Saint Maries De La Mer: http://6iee.com imagem flores e frutas:  https://pt.best-wallpaper.net


Para conhecer um pouco mais sobre Santa Sara Kali e suas orações clique em:
http://www.xmp3.co/baixar/Santa-Sara-Kali-Padroeira-dos-Ciganos-letra/mp3


 

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Entrevista com a professora de Dança Cigana Sandra Morales







Estação Cigana: Olá Sandra!

1) Estação Cigana: Conte-nos um pouco sobre como você iniciou-se na Dança Cigana.
Sandra: Meu interesse começou pela minha descendência familiar..transmitir conhecimentos sempre foi uma meta para mim em todo e qualquer assunto e, na dança vejo a mais pura expressão de sentimentos e o histórico corporal.

2) Estação Cigana: Para você qual a importância da Dança Cigana no seu sentido mais amplo e no mais específico?
Sandra: Conhecer melhor essa cultura, pois ninguém melhor que os ciganos para nos ensinar sobre mudança, desapego e liberdade.
Mudar é difícil  e as vezes muito dolorido.Teoricamente sabemos que as crises fazem parte do processo de crescimento em qualquer nível -  "pela dor ou pelo amor".
E mais uma vez, os ciganos, os negros escravos, os índios, tal como qualquer povo com experiência em carências sociais e perseguições étnicas, dão um show de lições de superações.
Vejo esta dança o exemplo disso, liberdade de expressão e "externar" de sentimentos guardados, sendo que cada mulher tem o seu movimento individual e único.Trabalhar com os quatro elementos: terra, ar, fogo e água, como também limpeza energética. Como atuo como professora de Dança do Ventre também, trabalho com a experiência da libertação de sentimentos femininos por meio da dança.

3) Estação Cigana: Como você vê a situação da Dança Cigana hoje no Brasil e no mundo?
Sandra: No Brasil e no mundo vejo como uma prática crescente, porque mesmo fora dos "clãs" estão se desenvolvendo a dança, mesmo até por pessoas que nem contato com a cultura cigana em desenvolvendo as aulas em academias e escolas de dança.Vendo isso pelo lado positivo, apesar de ser uma cultura relativamente nova, segundo um estudo feito pela revista Current Biology, a diáspora dos ciganos começou há 1500 no Nordeste da Índia, junto á cultura que apesar de não passar a linguagem escrita, sua dança vem se apresentando de forma crescente.

4) Estação Cigana: Por que você recomenda a prática da Dança Cigana?
Sim, para todas as mulheres que sintam essa necessidade.. isto é, quem procura fazer dança cigana, são mulheres que sentem vontade de praticar esses movimentos e trabalhar essa energia magnífica que não é aparente, mas sim, sentida com a alma.


5) Estação Cigana: O blog Estação Cigana agradece sua participação e para finalizar deixe uma mensagem:
Sandra: Se você não teve a oportunidade de sentir a energia fluir pelas suas mãos.. Se você não deixou seu corpo girar num ritmo quente e forte, faça! Pois para termos a nossa opinião formada a respeito, precisamos viver essa sensação...
Beijos a todos. Optchá!.

Endereços para contato para aulas particulares e shows:
Estúdio de Dança Flavia Rodrigues
Estúdio de Dança Carla Lazazzera

Whats app: 11- 9 96539413

Foto selfie de Sandra Morales



segunda-feira, 15 de maio de 2017

Mais novidades




Boa tarde!


Conforme prometido seguem mais algumas novidades dentro desta linha.
Os modelos são ilustrativos, e podem ser alterados os tecidos e metragens conforme o gosto e necessidade do cliente.





                                          
Manga cigana em renda a R$ 60,00 o par sem acessórios.
As mangas podem ser confeccionadas também em cetim charmeuse ou chifon.





 








Modelo de vestido cigano no tamanho médio ou manequim 42
Possui mangas sino e amarração nas costas.
Material:  forro cetim cobre, véu marrom e detalhes em galão cor ouro velho.
Valor: R$ 350,00
 Os valores acima são dos produtos não incluindo o valor do frete.
 Prazo de entrega: 
5 dias úteis para confecção após aprovação do pedido, mais prazo de postagem dos correios.

Fotos de autoria e propriedade do Atelier Astarty Elfen, e permitidas de serem postadas aqui para fins de divulgação por sua proprietária.

A encantada cigana

Sob a lua cheia, ao redor da fogueira, gira tão bela, em graciosos movimentos, a encantada cigana. Mostrando aos sensíveis, a ma...